Embaixada do Ceará

Jarro da Saudade

Posted in Confissões, Falta Doquifa, Música by rapadurapower on 3 de julho de 2015

Samba – Daniel Barbosa / Mirabeau / Geraldo Blota

Iaiá, cadê o jarro ?

O jarro que eu plantei a flor,

Eu vou, lhe contar um caso,

Eu quebrei o jarro e matei a flor.

Eu vou, lhe contar um caso,

Eu quebrei o jarro e matei a flor.

Que maldade… Que maldade…

Você bem sabia,

No jarro de barro,

Eu plantei a saudade!

Anúncios